Caldo de Galinha Caseiro e Natural

Os caldos de galinha que se compram em cubos são pequenas bombas de sal cheias de corantes e conservantes. Mesmo os caldos "natura" não são flor que se cheire.

No El Corte Ingles já encontrei caldos naturais, em pacote, com ingredientes saudáveis da marca Aneto. A desvantagem é que estes caldos são muito caros.

Fazer em casa permite usar os restos do frango e de outra forma iriam para o lixo.

Pode usar carcaças cruas ou de frango assado.

Os vegetais também são a gosto. Os da receita são só uma base. Pode usar alho francês, aipo, curgete, etc.

Também pode aproveitar para o caldo as sobras e restinhos de vegetais que caso contrário iriam para o lixo. Eu vou acumulando num saco no congelador os restinhos e quando quero fazer caldo basta esvaziar o saco. Vai lá parar tudo, cascas de cenoura, peles de cebola, os talos da salsa e outras ervas, cascas de espargos, pontas de aipo. Evite apenas usar vegetais da familia da couves e brócolos, pois dão um sabor demasiado forte ao caldo.

O caldo caseiro pode ser congelado. Faz-se em grande quantidade, divide-se em porções individuais e congela-se. Mais instruções em baixo.

Caldo de Galinha Caseiro e Natural

Receita para: cerca de 2 a 3 litros

Ingredientes

  • Carcaça de 2 frangos (costas e pescoço)
  • 1 cebola grande com pele cortada a meio
  • 2 cenouras cortadas em pedaços
  • 1 folha de louro
  • 4 raminhos de tomilho, alecrim, e ou outras ervas a gosto (opcional)
  • 2 dentes de alho descascados
  • 3 litros de água

Preparação

  1. Coloque o frango e os vegetais e ervas numa panela grande. Coloque a água.
  2. Leve ao lume.
  3. Quando começar a ferver reduza o lume. Deve ver algumas bolhinhas formarem-se à superfície, mas não deve ficar numa fervura forte.
  4. Deixe cozinhar assim durante algumas horas. O tempo total de cozedura varia muito dependendo da fonte da receita. Há quem sugira 2 horas, há quem sugira 12. Eu pessoalmente deixei cozer 8 horas. Numa tarde de fim-de-semana que passe em casa, isto faz-se bem. É só deixar no lume e dar uma olhadela de vez em quando. Se não tiver essa disponibilidade experimente cozer durante 2 horas, vai obter um caldo mas provavelmente não tão forte.
  5. Depois de cozinhado remova todos os vegetais e frango e descarte. Coe o líquido num passador fino.
  6. Para tornar esta receita mais light vamos remover a gordura. Leve ao frigorífico durante a noite. A gordura vai-se acumular toda à superfície e solidificar. Com uma colher é fácil remover a gordura.

Congelação

A forma mais fácil de preservar esta caldo é congelando-o. Divida em copinhos, cuvetes ou sacos de gelo para dividir o caldo em porções.

Esta receita resulta em mais de 2 litros de caldo. Se não tiver espaço no congelador para tanto caldo pode reduzir o líquido da receita. Depois de remover a gordura, leve o caldo novamente ao lume, destapado. Deixe ferver lentamente para a água evaporar. Reduza à quantidade que quiser. Este processo pode demorar 1 a 2 horas. Depois de reduzido pode congelar em porções.

Notas

Pode adicionar sal a gosto nesta receita. Eu prefiro adicionar sal só nas receitas finais, assim não corro o risco de usar sal a mais.

Artigos relacionados